Srta. Mary

Posts Tagged ‘fogo

Digamos que eu não seja uma pessoa muito distraída, o que acontece comigo são pequenos  acidentes percalços na vida.

E é cômico se não fosse trágico, porque sempre que acontecem essas coisas comigo e depois verificam que tudo está bem claro, ficam fazendo piadinhas a respeito.

 

Cama Box 1 X Bruna Mary 0

Quando eu morava em Maringá, eu morava em uma kitnet, aqueles minúsculos apertamentos de no máximo 4 m² em que a gente faz milagre pra caber todos os móveis lá dentro. Você acorda e já tá na cozinha, se cair sentada cai dentro da privada, toma banho e já cai na cama e assim vai! Eu tinha ainda uma cama box de casal (olha a proeza) que ocupava, claro, quase que metade do apartamento. Todo mundo conhece uma cama box, ela tem uma parte bem dura embaixo de madeira e o colchão macio de mola em cima. E justo neste dia (nem lembro qual, em meados de 2007) esta parte de madeira estava milimetricamente posicionada além do colchão macio e gostoso.

Eu estava pronta pra ir a academia, só esperando dar a hora pra por o tênis e sair, enquanto eu esperava pra ir fiquei no computador ouvindo música, falando com a galere, enfim…quando deu a hora eu me levantei e…CAPOFT (onomatopéia gente)!

Na mesma velocidade que eu cai, eu me levantei e me joguei na cama de barriga pra baixo com a cabeça no travesseiro e comecei a praguejar  a vó, a mãe de quem quer que fosse, porque tipo assim, tava doendo pra car***!

Eu meio que senti que tava meio molhadinha minha mão sabe, então eu levantei a cabeça e…momento filme…sabe quando nos filmes batem com algo na sua cabeça e começa a sangrar e você olha o sangue escorrendo pela cara e cai morto? Então, não é tão fácil bater na cabeça e morrer gente, porque o sangue começou a escorrer na minha cara e pingar no travesseiro e eu não morri, eu levantei e sai correndo gritando o nome do meu vizinho!

Meu vizinho era enfermeiro, quer dizer ele é, mas não é mais meu vizinho, e ele perguntou se alôca aqui tava tentando se matar. Sugestão ótima: more sempre do lado de alguém que não tenha pavor de sangue, de preferência médico ou enfermeiro, porque ele não vai desmaiar junto com você.

No hospital, já tinha parado de escorrer sangue, mas eu tava DIBUNITA com o cabelo duro todo virado de um lado, com um arrombo na cabeça, andando meio torta e prestes a desmair porque a pressão tava caindo. Todo mundo ficou olhando com aquela cara de “a briga foi feia”, mas logo me levaram pra observação. Lá eu liguei pra minha mãe, sente a conversa:

– Mãe, tô aqui no hospital tal, cai dentro do ap e bati a cabeça, fez um corte mas eu tô bem, eu acho.

– Tá bem?

– Tô.

– Então eu vou dar janta pro pessoal aqui em casa daí depois a gente vai aí!

Minha mãe é de um preocupação imensa! É que nesse dia meu pai não estava, se não ele  já tinha feito 48km em 15 minutos! Minha mãe é tranquila, aliás muita calma nessa hora.

Levei uns pontinhos, nada de grave, e quando eu sai, claro, minha tia teve que tirar uma foto, porque afinal não é todo dia que alguém cai e quase consegue se matar dentro de um apertamento que é menor que o quarto da sua mãe.

———————————————————————————————-

 

Espiral 1 x Bruna Mary 0

Todo mundo já viu aqueles espirais que vão queimando e soltando uma fumacinha que espanta pernilongo? Tipo incenso. Então, aqui tem muito pernilongo e como tá quente, isso aumenta e muito! Daí, eu com a minha cabeça já batida acidentalmente, não muito boa e nem muito inteligente tive a brilhante idéia de comprar um desses espirais, porque meu tio costuma usar bastante lá na chácara e funciona.  Esses treco vem com um metalzinho pra você apoiar, mas como eu já tinha queimado um trequinho e deixei em cima da mesa a empregada com certeza achou que era lixo e jogou fora! Enfim, tive que usar minha mente brilhante pra achar outro negocinho pra apoiar, porque sem apoio o treco não queima! Já tinha usado uns 4 desses treco e aqui onde tem o computador tem muito pernilongo, eu deixava um queimando perto do apoio de braço do sofá pra espantar pernilongo, mas sempre lembrava de apagar quando ia dormir ou ia sair do computador.

Mas, como tudo nessa vida tudo que é bom dura pouco ou dá merda…deu merda!

Tava eu no computador e minha mãe me chamou pra jantar e eu fui néam. Minha tia e meu tio estavam aqui também então a conversa sempre se estende e a gente fica conversando na mesa. Sorte que meu pai resolveu levantar depois de uns 15 minutos:

– Mas que cheiro de queimado!

Eu levantei também, olhei e já ia dizer:

– Acho que não é aqui.

 Quando eu decidi que tinha que ir até a sala do computador mesmo…aí eu vi que a almofada do sofá da minha mãe tava tipo assim, PRETA e VERMELHA! E depois tudo ficou cinza porque levantou uma fumaça, uma fumaça fedorenta ainda por cima!

Tava pegando FOGO!

Mas sem labareda, tava tipo igual incenso, queimando devagar, mas o tecido de metade da almofada já tinha virado fumaça! Ninguém ficou bravo, ao contrário, deram até risada porque eu tava tentando incendiar minha casa ¬¬ e no outro dia minha mãe ainda diz:

– Vi no jornal uma menina de 3 anos que se queimou toda com vela porque os pais deixaram ela em casa sozinha. Eu nem deixei uma de 24 anos sozinha e quase que ela bota fogo na casa!

Hoje meu pai me trouxe um repelente.


Srta. Mary

"Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo."

Clarice Lispector

Categorias